Logo IQ
  Logo USP




Instituto de Química - Universidade de São Paulo
E-mail: mhgdmede@iq.usp.br

Linha de Pesquisa: RADICAIS LIVRES E LESÕES EM BIOMOLÉCULAS

Resumo:

O objetivo central do grupo é compreender os eventos primários e secundários causados pela geração de espécies reativas de oxigênio em estruturas celulares e biomoléculas. O foco atual do laboratório é investigar os mecanismos de lesões em DNA e em proteínas promovidos por aldeídos potencialmente carcinogênicos endógenos e exógenos. Os nossos estudos resultaram na caracterização de diversos eteno adutos em DNA e sua quantificação por técnica ultra-sensível, baseada em espectrometria de massa. Já se sabe que alguns desses adutos encontram-se em níveis aumentados em diversas situações de risco para indução de câncer. Também estamos investigando os possíveis mecanismos de proteção contra tais danos por antioxidantes como o licopeno e beta-caroteno permitindo associar a ação desses compostos com efeitos benéficos observados em estudos com dietas. O papel dessas lesões em situações patológicas tem sido investigado pelo grupo em animais expostos à fumaça de cigarro e em modelos de esclerose lateral amiotrófica. A quantificação dessas lesões, assim como a proteção celular contra esse processo abre novas perspectivas para compreender mecanismos pelos quais esses danos podem exercer papel no desenvolvimento de diversas doenças.

Summary

Oxidative stress is thought to play an important role in the development of several diseases. Our laboratory has focused on DNA and protein damage by aldehydic bifunctional electrophiles that covalently modify DNA and proteins. The role of DNA etheno adducts in mutagenic and carcinogenic processes triggered by known occupational and environmental carcinogens has been well investigated. It has been shown that some of these lesions accumulate in DNA after chronic carcinogen exposure. Interestingly, several promutagenic etheno DNA adducts have also been detected as background lesions in rodent and human tissues not exposed to carcinogens. Our laboratory reported the complete characterization and quantification of some of these DNA adducts by a sensitive LC/ESI/MS-MS technique. Presently we are investigating the role of these adducts in rats exposed to cigarette smoke and in amyotrophic lateral sclerosis models. DNA and protein adducts appear to be promising markers in molecular epidemiological studies to assess the protective effects of antioxidants against biomolecule damage involved in the development of several diseases.

Produção bibliográfica: Curriculo Lattes

Publicações relevantes:

Loureiro, A. P. M.; Arruda- Campos I.d. ; Gomes, O.F.; Di Mascio, P.; Medeiros, M. H. G. Structural Characterization of Diastereoisomeric Ethano Adducts Derived from the Reaction of 2´-Deoxyguanosine with trans,trans-2,4-Decadienal. Chem. Res. Toxicol. 17, 641-649, 2004.

Marques, S. A.; Loureiro, A. P. M.; Gomes, O.F.;, Garcia, C. C. M.; Di Mascio, P.; Medeiros, M. H. G. Induction of 1,N-2-etheno-2'-deoxyguanosine in DNA exposed to beta-carotene. FEBS Lett. 560, 1-3, 125-130, 2004.

Martinez, G.R et al. Oxidative and alkylating damage in DNA. Mutat. Res. 544, 115-127, 2003.

Loureiro, A. P. M., Marques, S. A., Garcia, C. C. M., Di Mascio, P., Medeiros, M. H. G. Development of an on-Line Liquid Chromatography-Electrospray Tandem Mass Spectrometry System to Quantitatively Determine 1,N2-Etheno-2´-Deoxyguanosine in DNA. Chem. Res. Toxicol. 15, 1302-1308, 2002.

Copyright © Seção Técnica de Informática -IQUSP
conteúdo: mhgdmede @ iq.usp.br