Logo IQ
  Logo USP


Profa. Associada Carla Columbano de Oliveira

  

Controle Pós-Transcricional de Expressão Gênica

O seqüenciamento do genoma humano e sua posterior análise tornaram evidente que a maior parte do genoma não codifica proteínas e o que foi inicialmente denominado de “DNA lixo” é na verdade responsável pela síntese de RNAs envolvidos em controle de expressão gênica. As etapas pós-transcricionais de expressão gênica são extremamente complexas, envolvendo uma intricada rede de interações entre proteínas e RNAs. Várias síndromes humanas são causadas por mutações em genes de proteínas envolvidas em diferentes etapas de processamento de RNA, e como esses processos são bastante conservados entre eucariotos, a caracterização funcional das proteínas da levedura Saccharomyces cerevisiae pode contribuir para a elucidação dos processos envolvidos nas doenças genéticas humanas. Nosso laboratório tem-se concentrado no estudo de controle pós-transcricional de expressão gênica, através da caracterização funcional e estrutural de proteínas envolvidas em processamento e degradação de RNAs, utilizando para isso métodos de bioquímica, biologia molecular e genética.
conteúdo: ccoliv @ iq.usp.br